Restaurant Week SP – My two cents

14 09 2009

sp-banner

Sem muito planejamento, acabei indo em 5 restaurantes da Restaurant Week em São Paulo, que aconteceu de 01 a 13 de setembro. Ou, segundo uma amiga, a Pé na Jaca Week, onde o baixo clero (ao qual pertenço) aproveita pra se esbaldar a preços módicos em restaurantes em que, normalmente, você só pediria uma saladinha.

Segue aqui a minha singela opinião dos lugares onde fui, vi e comi:

E.A.T.

Fui lá sem planejar, pq estava perto e eu lembrei q estava na RW. As porções eram um pouco menores que a média (o que não é de todo ruim), mas a comida estava bem gostosa. O escalope de vitela ao limone com gratin bayardi estava muito, muito bom. Não tinha a sobremesa do menu, mas pra mim foi até melhor: substituíram por sorvete de chocolate light e sorvete de torrone.

Limonn

Restaurante bem gostoso do lado do trabalho, estava bem cheio o dia em q fomos, o q prejudicou um pouco o atendimento. Mas o cardápio estava ótimo, e eu fiquei cobiçando o cardápio do jantar. Comi a maminha assada com risoto de emmenthal. O risoto estava bem bom, e a carne estava demais.

Obá

O melhor dos que fui nessa temporada. Cardápio diferente, queria experimentar tudo. As 2 estradas (cigarrete de massa crocante como camarão e crostini de ricota, linguiça e espinafre) estavam demais. Não gostei muito das sobremesas, mas eu não gosto muito de sobremesas diferentes – gosto só de sobremesa de criança (é um problema no RW). As amigas q foram comigo adoraram.

B&B Burger Bistrot

No último RW o B&B foi meu favorito disparado. Tinha um hamburguer de cordeiro fabuloso e a sobremesa foi uma das melhores que já comi na vida: fondant de chocolate com sorvete de menta e calda de café. Então, esse ano, eu estava com altas expectativas. O B&B não foi o melhor, mas entregou: cardápio consistente, gostoso e atendimento de prima, sempre. O tartar de salmão da entrada estava incrível. A sobremesa (brownie com sorvete de chocolate e suspiro azedo) era boa tb, mas muito difícil de comer pra gente que não é tão phina (sim, com ph).

Boa Bistrô

Eu teria gostado mais do Boa se tivesse pedido outro prato: pedi a truta grelhada sautée de batata com ervilha e molho bernaise de gengibre e… detestei o molho bernaise. Sério, uma garfada já doeu o estômago e eu não comi mais nada do molho. Devia ter pedido o ragu de ossobuco com polenta de colher, meu amigo falou que estava demais. Em compensação, a entrada (ceviche com limao siciliano e milho) estava ótima, e o Boa ganhou o prêmio de melhor sobremesa que eu comi no RW dessa vez: Sundae do Boa (sorvete de gianduia, calda de chocolate e farofa de castanha dp Pará). Me fez bem feliz.

Anúncios




Atum incrementado (para dias de despensa semi vazia)

4 09 2009

Sabe aqueles dias em que você ainda não precisa ir no supermercado, mas sua despensa já começa dar sinais de falha? Principalmente se você mora sozinha, é um momento complicado. Não tem nada óbvio para ser cozinhado, só tem um pote de iogurte sobrando, mas ao mesmo tempo, você sabe que tem ALGO a ser aproveitado. Não é a felicidade gastronômica de se chegar do supermercado, mas também não é o necessidade iminente do delivery, quando tudo o que se tem na geladeira é um pouco de manteiga, uma coca light sem gás e um tomate.

Um bom cozinheiro é aquele que pega os ingredientes sobrando e cria uma “quiche italienne” sublime. Para uma aprendiz como eu, contudo, uma boa solução para esses momentos é um lanche melhorado. É rápido, fácil e te dá a sensação de comer algo gostosinho e diferente.

Hoje eu tinha que comer algo rápido e não estava particularmente criativa. Depois de olhar por 5 minutos pra minha geladeira, criei torradas com requeijão (light) e atum incrementado. Até que ficou bom, viu?

Atum incrementado light
(estou de dieta, então tudo é diet, light e fat free em casa)

1 lata de atum ralado light
1 tomate picado em cubinhos
2 colheres de chá de mostarda de dijon
2 colheres de sopa de azeite (extra-virgem, de preferência
Molho inglês (mais ou menos 1 colher de sopa)
Sal e Pimenta a gosto

Misture todos os ingredientes em uma vasilha. Modere o tempero de acordo com o seu paladar.

Faça torradas com pão de forma, passe requeijão e coloque o atum.

Olha, fica bem gostoso e é simples. Dá pra pagar de “super me virei em 5 minutinhos” toda blasé, um arraso.

atum incrementado

Eu não sei montar pratos, mas tá gostoso!





Jantar no El Bulli

3 09 2009

O sonho de todo mundo que pira minimamente em comida é um dia, quem sabe, ir no El Bulli. Pra quem não conhece, o restaurante é considerado o melhor do mundo, abre apenas 6 meses do ano, e eu não consegui achar o quanto custa (alguém sabe?), mas parece q acho entre 800 e 1000 euros.

Bom, eu poderia falar mais do restaurante mas o Google tá aí pra isso, aliás depois eu preciso ler mais. O ponto aqui é que ir lá e jantar é uma experiência única e surreal. Eu morro de vontade, mas ainda não estou podendo. Em breve, em breve…

Mas o cara do link a seguir é americano e não desiste nunca: depois de 5 anos, ele conseguiu uma reserva lá e fez uma cobertura excepcional, super ilustrativa e divertida. Recomendo para todo mundo que tem curiosidade de saber, afinal, qual é que a desse tal de Ferran Adria:

Jantar no El Bulli – The Amateur Gourmet





Chaveiro novo

3 09 2009

Afinal, eu posso não saber cozinhar, mas eu sei pagar de gatinha 😉

Meu mini fuet não é lindo?

Meu mini fuet não é lindo?





Hobby de Seda Preto

2 09 2009

Toda a minha vida eu me senti meio mal porque não tinha um hobby, ao contrário de (ao meu ver) TODAS AS OUTRAS PESSOAS DO MUNDO.

Eram sempre as mesmas conversas: “Eu tiro fotos”, “Eu danço”, “Eu faço teatro”, “Eu faço danças típicas filandesas, croché avançado e skydiving”. Eu? Eu nunca fiz muito, ou pelo menos nunca me dediquei o suficiente a algo a ponto de chamar aquilo de hobby. Falta de interesse pode ser um hobby? Desapego? Provavelmente culpa da minha vontade de fazer 1000 coisas ao mesmo tempo, ou do meu poder de concentração de um filhote de labrador, fato é: nunca tive um hobby, mas sempre quis um.

Comida e tudo que a envolve, porém, é uma paixão natural minha desde muito tempo. É aquele amor sorrateiro, do qual eu nunca havia me dado conta. Sempre adorei experimentar comidas diferentes, e com o tempo foi degustando melhor novos sabores e combinações. Por ter uma alma gorda em eterno rehab, acabo buscando informações sobre nutrição. Meu lado natureba já se informou um tanto sobre orgânicos. E eu já mandei 27 vezes meu currículo pra Danone. Sério.

Veja a foto de Kiss the Cook pra você entender que essa paixão antiga.

Mas eu nunca aprendi a cozinhar. Eu até me interessava quando criança, mas não tinha aquela tradição da família de cozinhar junto – minha mãe detesta, meu pai não sabe, minhas avós não me ensinaram. Ou seja, até os 22 anos eu sabia fazer:

  • Brigadeiro
  • Beijinho
  • Cocada
  • Pipoca
  • Ovo frito
  • Misto quente

Triste, né? Não muito prendado da minha parte.

Com o tempo eu fui virando uma amante de culinária, comidas diferentes, restaurantes bacanas, gastronomia em geral. Adoro comer, adoro experimentar sabores novos, texturas diferentes e ingredientes exóticos. Adoro também os bons clássicos, e já fui em 15 das 22 melhores lanchonetes de hamburguer de São Paulo (segundo a Folha).

Mas, algo não fechava… e aos poucos fui aprendendo a fazer um macarrão daqui, um bolo de lá… e quando fui ver, toda essa paixão por comida que me acompanha desde pequena juntou todos os pedacinhos do quebra-cabeça que vinha me deixando, e eu percebi uma coisa: adoro cozinhar! Cozinhar me relaxa, me desestressa e me deixa feliz. Esse é meu hobby!

Apenas um detalhe: eu não sei cozinhar! Oops. Complica um pouco essa história de hobby. Então, aos poucos, resolvi aprender. E como estamos nesse mundo de web 2.0 blá blá blá, por que não compartilhar? Acho que pode ser um diálogo divertido.

Aqui está, a história do meu novo blog, que ainda está ganhando rosto, e do meu novo hobby, que vou aprender aos poucos. Uma queimadura de cada vez. 🙂

Kiss the cook

Kiss the cook





Momentos Culinários Incoerentes

2 09 2009

Porque gourmet sim, gordinha nunca!

incoerencia01
Misturando o shake diet com o fuet.








%d bloggers like this: