Hobby de Seda Preto

2 09 2009

Toda a minha vida eu me senti meio mal porque não tinha um hobby, ao contrário de (ao meu ver) TODAS AS OUTRAS PESSOAS DO MUNDO.

Eram sempre as mesmas conversas: “Eu tiro fotos”, “Eu danço”, “Eu faço teatro”, “Eu faço danças típicas filandesas, croché avançado e skydiving”. Eu? Eu nunca fiz muito, ou pelo menos nunca me dediquei o suficiente a algo a ponto de chamar aquilo de hobby. Falta de interesse pode ser um hobby? Desapego? Provavelmente culpa da minha vontade de fazer 1000 coisas ao mesmo tempo, ou do meu poder de concentração de um filhote de labrador, fato é: nunca tive um hobby, mas sempre quis um.

Comida e tudo que a envolve, porém, é uma paixão natural minha desde muito tempo. É aquele amor sorrateiro, do qual eu nunca havia me dado conta. Sempre adorei experimentar comidas diferentes, e com o tempo foi degustando melhor novos sabores e combinações. Por ter uma alma gorda em eterno rehab, acabo buscando informações sobre nutrição. Meu lado natureba já se informou um tanto sobre orgânicos. E eu já mandei 27 vezes meu currículo pra Danone. Sério.

Veja a foto de Kiss the Cook pra você entender que essa paixão antiga.

Mas eu nunca aprendi a cozinhar. Eu até me interessava quando criança, mas não tinha aquela tradição da família de cozinhar junto – minha mãe detesta, meu pai não sabe, minhas avós não me ensinaram. Ou seja, até os 22 anos eu sabia fazer:

  • Brigadeiro
  • Beijinho
  • Cocada
  • Pipoca
  • Ovo frito
  • Misto quente

Triste, né? Não muito prendado da minha parte.

Com o tempo eu fui virando uma amante de culinária, comidas diferentes, restaurantes bacanas, gastronomia em geral. Adoro comer, adoro experimentar sabores novos, texturas diferentes e ingredientes exóticos. Adoro também os bons clássicos, e já fui em 15 das 22 melhores lanchonetes de hamburguer de São Paulo (segundo a Folha).

Mas, algo não fechava… e aos poucos fui aprendendo a fazer um macarrão daqui, um bolo de lá… e quando fui ver, toda essa paixão por comida que me acompanha desde pequena juntou todos os pedacinhos do quebra-cabeça que vinha me deixando, e eu percebi uma coisa: adoro cozinhar! Cozinhar me relaxa, me desestressa e me deixa feliz. Esse é meu hobby!

Apenas um detalhe: eu não sei cozinhar! Oops. Complica um pouco essa história de hobby. Então, aos poucos, resolvi aprender. E como estamos nesse mundo de web 2.0 blá blá blá, por que não compartilhar? Acho que pode ser um diálogo divertido.

Aqui está, a história do meu novo blog, que ainda está ganhando rosto, e do meu novo hobby, que vou aprender aos poucos. Uma queimadura de cada vez. 🙂

Kiss the cook

Kiss the cook








%d bloggers like this: